Ícone do site Imprimir CPF 2 via

CPF clonado, o que fazer?

O seu CPF foi clonado, o não sabe o que tem que fazer? Com o aumento das transações feitas pela internet, o número de pessoas com CPF clonado tem aumentado significativamente. O que antes só poderia acontecer com o roubo dos documentos do cidadão, agora pode ser conseguido através de golpes pela internet. É comum a utilização do número de CPF para diversos cadastros e compras na web. Portanto, o cidadão precisa manter-se atento aos riscos.

Como descobrir se seu CPF foi clonado?

Acionando empresas de proteção ao crédito como SERASA e SPC você pode descobrir se seu CPF encontra-se negativado por débitos que não foram feitos por você. Existem também empresas especializadas em monitorar tudo que acontece com seu CPF, elas cobram um valor por utilização única ou mensal. Elas conseguem informar todas as transações feitas com seu CPF, inclusive abertura de contas, empresas, etc.

O que fazer ao perceber que meu CPF foi clonado?

Ao perceber que estão sendo feitas operações com seu número CPF o primeiro passo é prestar queixa na delegacia mais próxima ou pela internet, e registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.). Em seguida, comunicar a empresa onde seu CPF foi utilizado indevidamente. Essas empresas não podem cobrar os débitos feitos sem seu conhecimento, caso a empresa se recuse a suspender a cobrança, você pode acionar o Procon ou a Justiça.

Caso as fraudes no seu CPF continuem, a justiça pode pedir o cancelamento do seu número CPF junto a Receita Federal. Porém, esses são casos mais extremos.

Como proteger meu CPF de ser clonado?

Continue em nosso site e veja como fazer uma consulta CPF!

Sair da versão mobile